Notícias de la course

Jovens franceses participam do Campeonato Brasileiro de Optimist em Salvador

Jovens franceses participam do Campeonato Brasileiro de Optimist em Salvador

Durante a chegada dos barcos da Transat Jacques Vabre 2017 em Salvador (BA), no último mês de novembro, uma convenção foi assinada entre a Liga de Vela da Normandia, o Yacht Clube da Bahia e a Federação Baiana de Vela. O objetivo: criar um projeto de cooperação internacional para que franceses e brasileiros velejem juntos.

Em janeiro, a primeira etapa do projeto começa a se concretizar com seis jovens regatistas da cidade francesa de Le Havre: Cécile Cousin, Alice Le Goff, Camille Pfaff, Côme Sapin, Solal Henry e Mathys Redouani, jovens promessas da vela francesa, estarão em Salvador, na Bahia, para participar do 46º Campeonato Brasileiro de Optimist entre 7 e 15 de janeiro.

A iniciativa tem como vocação não apenas o intercâmbio esportivo entre os atletas, mas também de integração cultural, já que o grupo ficará hospedado na casa de famílias de competidores em Salvador. Na segunda etapa do projeto, em julho, serão os atletas do Yacht Clube da Bahia que terão a oportunidade de ir para a França e participar do Campeonato Francês com a equipe de vela de Le Havre.

“A Transat Jacques Vabre é um evento realizado a cada dois anos. Com essa iniciativa, nós pretendemos perenizar nossa relação. Tanto os brasileiros, quantos nós estamos muito motivados com esse novo projeto e quando as duas partes pensam da mesma forma, o resultado só pode ser positivo. Nós estamos à procura de patrocinadores para as etapas seguintes, mas o mais importante é que o começo dessa história está sendo construído com uma base muito sólida”, conta Francis Le Goff, Diretor de prova adjunto da Transat Jacques Vabre e diretor da Liga de Vela da Normandia.

O intercâmbio entre brasileiros e franceses represente a primeira etapa de um projeto de desenvolvimento colaborativo na vela. O objetivo final é criar uma equipe franco-brasileira para participar do Tour de France à la voile, fato que seria inédito na história da competição e da vela em geral.

Apoio coletivo pela internet

Com o intuito de financiar as despesas de início do projeto, uma coleta colaborativa on-line foi lançada via crowfounding, onde qualquer pessoa pode participar fazendo uma doação espontânea. O montante arrecadado será revertido no pagamento de parte dos custos de viagem dos jovens competidores. Os fundos arrecadados serão geridos pela Liga de Vela da Normandia.

Para contribuir com o projeto, clique aqui