Notícias de la course

A conquista do atlântico em duplas

A conquista do atlântico em duplas

Domingo, dia 27 de outubro de 2019, três classes de barcos – Class40, Multi50 e IMOCA60, partirão de Le Havre (França) rumo a Salvador da Bahia pela Transat Jacques Vabre. Um percurso de alto nível esportivo que exige total superação dos participantes na travessia do Atlântico de Norte a Sul entre a França e o Brasil.

Um percurso repleto de armadilhas
A rota entre Le Havre e Salvador da Bahia é uma velha conhecida dos velejadores, já que esta será a sexta vez em que a regata Transat Jacques Vabre terá como destino a primeira capital do Brasil. A travessia de 4.350 milhas náuticas (ou mais de oito mil quilômetros) chama a atenção pelas várias condições meteorológicas encontradas pelo caminho. O primeiro desafio a ser vencido é o perigoso golfo da Biscaia, entre a França e a Espanha. Em seguida, é preciso superar o anticiclone das Ilhas Canárias e a potência dos ventos alísios até a passagem pela linha do Equador. Por fim, ainda conta com uma rápida descida pela costa do Nordeste brasileiro. Tudo isso, antes de entrar na movimentada Baía de Todos-os-Santos, segunda maior baía natural do mundo.

A Transat Jacques Vabre é a mais longa regata oceânica disputada em duplas. É uma prova que exige alto nível de desempenho e muito entrosamento. Os participantes precisam superar os próprios limites o tempo inteiro, já que são apenas duas pessoas a bordo conduzindo o barco o mais rápido possível 24 horas por dia. É essa a oportunidade que a Transat Jacques Vabre oferece aos participantes e ao público: um evento festivo, mais acima de tudo esportivo, que demanda um alto nível de engajamento”, explica Gildas Gautier, diretor-geral do evento.

Vila da Regata: Uma festa brasileira
A Vila da Regata na França abre suas portas no dia 18 de outubro com uma programação inspirada na cultura brasileira.  Ao longo de 10 dias, o público será espectador, mas também ator do evento graças a animações inéditas que serão propostas para a edição de 2019. Além de muito entretenimento, um centro dedicado ao desenvolvimento sustentável e à responsabilidade ecológica e social serão uma marca registrada da organização.

A chegada na baía de Todos-os-Santos
Salvador, na Bahia, é uma cidade com a cara e o jeito do Brasil. Suas características culturais e históricas fazem da primeira capital brasileira a cidade ideal para celebrar a chegada de um grande evento internacional. Além disso, a capital baiana tem seu centro histórico inscrito no Patrimônio mundial da humanidade reconhecido pela UNESCO, mesmo título também concedido ao centro da cidade de Le Havre, na França.

Eu tenho orgulho de renovar o compromisso do grupo JDE, dono da marca de café Jacques Vabre, com o mundo da vela e com estes homens e mulheres que incorporam tantos valores importantes para nós: comprometimento, superação, solidariedade, empreendedorismo e amor pelo que fazem. Estou ansioso para esta nova edição que começa em Le Havre no mês de outubro”, Juan Amat, presidente do grupo JDE France.

Para o prefeito de Le Havre, Luc Lemonnier, “receber a Transat Jacques Vabre já é um acontecimento em si. A mais longa regata oceânica disputada em duplas faz parte do DNA da nossa cidade, já que desde a sua criação, a regata parte de Le Havre, o que nos posiciona entre uma das mais importantes cidades náuticas e o primeiro porto francês importador de café. Nossa cidade celebra e vibra junto com os velejadores e com os visitantes a cada edição deste que é um dos principais eventos náuticos do cenário mundial”.

Partager